Zona Obscura - Sexto

12:20:00 9

6 - O Poder Do Amarelo

  Bem-vindos a Yellow*, uma das vilas mais pacificas da Zona Obscura. Chefiada por um pai de família pouco convencional e muito antiquado, é um dos braços direitos de Black**.
  De momento ocorria um baile. É difícil imaginar um baile a decorrer ao mesmo tempo que a carnificina do exterior mas nas sedes dos líderes das vilas isso era muito frequente.
  O líder de Yellow, Johnathan, ou John para quem se atrevia a chamá-lo assim, dera este baile para apresentar a sua filha ao mundo da Máfia. Depois de dez anos no estrangeiro regressara, agora com vinte anos de idade, para ajudar o pai e quem sabe no futuro assumir a chefia de Yellow. Pelo menos era isso que desejava.
  - Pai vou até lá fora.
  - O quê?! É que nem pensar!
  No meio de tanto barulho esta discussão não passava de um murmúrio.
  - Mas pai, se eu quero ser reconhecida tenho de lutar.
  - Lutar?! As raparigas não lutam. Cozinham, limpam, entre outras coisas.
  - Estás a brincar comigo? Em que século é que vives?
  - Isso não importa. Não sais e ponto final.
  A esta altura a multidão já se acalmara e assistia à discussão em silêncio.
  - Não me podes obrigar a ficar aqui!
  - Hana já chega.
  - Eu tenho vinte anos!
  - E eu sou teu pai!
  A tensão aumentava entre os dois e os convidados já adivinhavam tragédia.
  Johnathan respira fundo e depois de um longo trago de vinho volta a olhar para a filha.
  - Querida, o pai adora-te e não quer que te aconteça nada.
  - Eu já não sou uma criança.
  - Mesmo assim. - O chefe da Máfia olha para a mão da filha e sobressalta-se. - Porque é que raio andas com uma espada na mão?!
  - Foste tu que ma deste.
  - O pior erro da minha vida.
  - De qualquer forma vou sair.
  Um corajoso sobressai-se da multidão de convidados.
  - Não deixarei que a menina Hana passe!
  Ela encara-a com um olhar raivoso:
  - Estás a desafiar-me seu verme?
  - Se conseguir derrotar-me...
  Hana salta para o meio da multidão e eles começam a duelar.
  - Há com cada estúpido... - Sussurra Johnathan.
  - Desculpe, disse alguma coisa senhor?
  - Ele com certeza irá morrer.
  - Mas o senhor disse...
  - Por eu não querer que ela saia não quer dizer que seja indefesa. Afinal é minha filha
  O duelo continua mas um descuido faz com que Hana tropece e seja desarmada.
  - Parece que venci menina Hana.
  Hana sorri e tira uma pistola da manga disparando contra o seu rival.
  Automaticamente ele cai horrorizado.
  - Fez batota...
  - Eu pertenço à Máfia, o meu lema é sobreviver.
 
  A multidão em choque aplaude.
  - Limpem isso. - Manda Johnathan. - Sou um pai horrível. No final ela acabou por sair. Bem, pelo menos eu tinha razão, ele morreu.
*Amarelo
**Preto. Vila chefiada pelo chefe supremo.
#Imagens de Hana e Johnathan na página das imagens. Tentei fazer os gifs desta luta mas não deu. Há partes no vídeo que não interessam mas acho que conseguiram captar a essência.#

9 Comentários de "Zona Obscura - Sexto"

avatar

C.C SABIA QUE VOCÊ É UMA DIVA???VOCÊ ENTENDEU QUEM É MEU PAI???É O CLAUDE *morrendo de amor po ele*...
Eu amo demais o Claud (Katekyo Hitman Reborn)!!E a minha personagem é igual a como a imaginei na personalidade *OOO*
Não podia haver um capítulo melhor que este para me apresentar,ainda por cima eu sou uma enrome fã de bailes *-*
Estou super ansiosa pelo próximo capítulo!! >w</

avatar

Waaah que cena foi essa hein! A menina Hana é realmente muito boa! Gostei dela, e o pai não estava errado em dizer que ela o mataria! ^^
C.C - chan do jeito que escreve fica até difícil de dizer qual parte mais gostei, posso dizer que gostei de tudo até agora!
~kissus de morango~

avatar
C.CMod

Ainda bem que consegui captar o que querias para a tua personagem.
E é um exagero dizer que sou uma diva.
Quanto ao teu pai, achei que aquela imagem se adequava no que eu pretendia. Foi uma coincidência ^^

avatar
C.CMod

Deixas-me envergonhada com esses comentários Excel-chan ^///^

Fico feliz que tenhas gostado =)

avatar

Nyah *----* Senpai amei o capítulo! Está lindo... como eu queria um pai preocupado como esse, ao invés disso, tenho um que nem se quer pergunta se eu tenho dinheiro para o almoço -.-
Parabéns pelo capítulo excelente!
Kissus

avatar
C.CMod

Que exagero, aposto que o teu pai também se preocupa. Este é apenas um pai problemático em demasia ^^

avatar

Nossa, estava com muita saudade dessa fic, gostei muito do episódio, acho que a vila black (Preto), deve vai ser a mais louca. Só acho que a Hana exagerou um pouco em atirar no "Corajoso", bem que ela só podia apontar a arma, ela é bem mal.

Kisus, morrendo de saudades de você!
Gomen por ter sumido...

avatar
C.CMod

Acredita que é =)
Tal como ela disse, pertence à máfia. E o gajo não tinha nada que se armar em esperto (C.C sendo malvada muahahahah).

Igualmente ^^ kissus

avatar

Kkkkk john tem moral o cara fala com a filha daquele jeito raparigas não lutam cozinham limpam entre outras coisas ele parece ser bacana já a Hana não gostei dela ela pego e mato o corajoso mais ele vacilo se ele não tevesse vacilado ele devia ter segurado as mãos dela e ficado atrás dela mais ela podia depois ficar com raiva porque perdeu e matado ele também não gostei dela menina mimada queria ir pra fora de casa ia morrer