Zona Obscura - Décimo quarto

14:25:00 10

14 - Uma Luta Falsificada

  Sakai Ryu encontrava-se deitado no chão com uma poça vermelha a formar-se debaixo da perna. Um lápis estava lá cravado e era o causador de todo aquele liquido.
  Anne aproxima-se e ajoelha-se...

  Momentos antes
  - Tem a certeza que quer fazer isto? - Anne encarava Ryu um tanto desconfiada.
  - Obviamente, senão não a teria desafiado Miss Anne.
  - Não se queixe depois que estiver a morrer estendido no chão.
  - O primeiro a sangrar perde.
  A luta começa.
  Era impressionante o facto de que fosse o próprio Diretor a desafiar uma aluna. Ainda por cima desde que lutavam Ryu conservava um sorriso, um sorriso louco. Parecia que estar a lutar o fizesse perder o pouco juízo que ainda tinha.
  Para não mostrar preocupação, Anne envergava um ar sério, mas a verdade é que aquele sorriso e o olhar confiante a faziam estremecer por dentro. Era como se ele já soubesse o final da luta fosse qual fosse o rumo que aquilo levasse.
  Apesar das circunstâncias, Anne parecia ter mais chances de vitória. Poderia arranhá-lo com as unhas mas Ryu nunca a deixaria aproximar-se tanto. Ele não referira nada de não se poder usar armas e ela trazia sempre consigo um lápis muito bem afiado.
  Antes que ela pudesse fazer qualquer movimento, e como se ele tivesse lido os seus pensamentos, o Diretor vem para cima dela com mais convicção impedindo-a de chegar ao bolso do casaco onde tinha a arma que lhe daria a permissão de sair.
  Estava a ficar cansada e não sabia mais o que fazer. Já por três vezes quase fora atingida e ainda nem perto conseguira chegar de Ryu.
  O mais estranho é que ela começava a ficar ofegante e ele respirava regularmente como no inicio da luta. Logicamente, sendo Sakai Ryu mais velho deveria cansar-se mais depressa que Anne, que era uma jovem no auge dos seus dezassete anos. Mas o que estava a acontecer era exatamente o contrário.
  Sem se aperceber como, Anne tropeça e cai para cima de Ryu. Sente uma brisa a passar-lhe nos bolsos durante a queda.
  Quando se levanta o seu lápis está espetado na perna do homem e um liquido vermelho começa a jorrar.

  Agora
  ...ainda confusa e aturdida.
  - Ganhei?
  - É o que parece. Eu estou a sangrar e a Miss Anne não.
  - Então...
  - Então que hoje receberá a autorização para se ausentar da escola amanhã.
  - Mas...
  - Agora deve dirigir-se à sua aula. E depressa que já está atrasada.
  Sem saber mais como refutar o Diretor, Anne afasta-se em direção ao edificio das aulas deixando Ryu para trás.
  Quando se vê sozinho, o homem senta-se no chão e arranca o lápis.
  - Ora, ora, sujei-me todo. Ainda bem que ela não me sentiu a tirar-lhe o lápis. E pior que tudo, estraguei o meu delicioso sumo de tomate.
  Ryu retira um pacote de sumo do bolso das calças todo amassado e a verter.
  - O que eu não faço pelos meus alunos.

10 Comentários de "Zona Obscura - Décimo quarto"

avatar

Nyah *-* Está tão altamente!!!!
Ne ne, eu sou tão altamente, mentira, eu quero ser altamente como essa menina aí e o diretor é um querido *-* Gostei muito dele, não sabia dessa faceta dele :P
Gostei! Diretor pervetido passou a diretor Kawaii \o/ ~dançando~
Ne ne, senpai-chan é uma ótima escritora!!

Ps. Gomene, meu pai mentiu-me e eu acabei indo à convenção de animes, mas o meu pai disse que também estava com medo de te levar porque tinha medo de te perder ou que te acontecesse algo :/ Gomene senpai-chan _:(

Kissus de baunilha! (Muitos kissus!)

avatar

Yo C.C-san!!Desculpe ter-me ausentado T-T
Mas como me ausentei do blogger,raramente vinha aqui.No entanto acabei de ler os capítulos que me faltavam e amei por competo *O*
O meu "pai" quando quer consegue ser mesmo chato e-e''
E o Ryu é mesmo 'fofo' *OOO*
Ele é um dos personagens que mais amo da história >w<
Bem que podia ter um diretor assim na minha escola ¬¬''
Super ansiosa pelo próximo capítulo >.<

avatar
C.CMod

O Diretor já tem pretendente. Não podes ficar com todos não é. ^^

avatar
C.CMod

Eu também gostava de ter um Diretor assim, mas o da minha escola também é fixe.
E o teu pai é apenas um homem preocupado e um bocadinho antiquado XD no fundo ela gosta muito de ti.

avatar

O da minha é um chato xD
É,eu sei.Quanto ao antiquado ainda bem que ele é assim,eu também gosto de coisas antigas xDDD

avatar

Ele deve ter um bom motivo para deixar ela sair assim, tão fácil! Confesso que me surpreendeu, ele é bem louco. kkkkk
Gostei bastante do capítulo, a Anne me parece bem forte! Ainda estou bem surpresa, fiquei tipo: O.o ele deixou assim! De tão bom grado? Mas tenho certeza que vem mais coisa ^^
Esperando o próximo C.C-chan! o/
~kissus de morango~

avatar
C.CMod

Então estão bem um para o outro ^^

avatar
C.CMod

Quem sabe se ele já não sabe o que ela quer ir fazer? Eu considero o Sakai Ryu como um perseguidor. Ele sabe tudo muahahahahah

avatar

Rsrsrsrs, nossa, e eu pensando que o caso era sério, fiquei morrendo de rir agora. C.C, você consegue passar nós que lemos suas fic's uma coisa que não sei bem explicar, só sei que você és uma ótima escritora! Kisus.

Kuusou World

avatar

Que diretor bacana mais pq ele não deixo ela ir desde o começo? Ele deve ter pensado que era mais divertido brincar de lutinha ate ver sangue que diretor mais massa quem dera eu tivesse um diretor assim na minha escola o diretor e muito chato